top of page

Como a Terapia Ocupacional pode ajudar o seu filho

Terapia Ocupacional Pediátrica


A Terapia Ocupacional Pediátrica é uma área da saúde que se destina a crianças ou adolescentes que apresentem alterações no desempenho ocupacional, atuando na sua prevenção, avaliação e intervenção.

Tem como objetivo capacitar a criança ou adolescente para o desempenho funcional das suas ocupações diárias, nomeadamente comer, realizar a higiene pessoal, vestir-se e despir-se, brincar, participar em atividades educativas e de lazer e interagir com pares e adultos em diferentes contextos.


Desta forma, o terapeuta ocupacional analisa as atividades diárias nas quais a criança ou adolescente revela dificuldade ou não consegue realizar e avalia as suas estruturas e funções motoras, sensoriais, cognitivas e sociais, bem como os fatores ambientais que influenciam o seu desempenho. Posteriormente, identifica as potencialidades e áreas em défice e elabora um plano de intervenção individualizado e adequado aos seus interesses e necessidades e da sua família.


A sua abordagem é realizada através do brincar, envolvendo a criança ou adolescente em atividades terapêuticas significativas, com o intuito de proporcionar a aquisição ou estimulação de competências que permitam a melhoria do desempenho nas várias ocupações e papéis nos contextos em que se encontra inserido. Em caso de necessidade realiza mudanças no ambiente e/ou materiais e equipamentos e fornece aconselhamento à família e membros da comunidade educativa.


Os seguintes sinais poderão indicar a necessidade de realizar uma avaliação em Terapia Ocupacional:


Dificuldade em realizar as atividades diárias autonomamente, como por exemplo:


  • Alimentação (utilizar os talheres de forma funcional, cortar os alimentos, ter uma alimentação variada);


  • Vestir (selecionar de roupas e acessórios de acordo com a hora do dia/clima, vestir e despir-se de forma sequencial, apertar e ajustar roupas (botões e/ou fechos) e sapatos (cordões);


  • Tomar banho ou duche (utilizar materiais para o banho, ensaboar, enxaguar e secar partes do corpo, manter a posição de banho, realizar a transferência de e para as posições de banho);


  • Higiene Pessoal (lavar, secar, pentear e cortar o cabelo, lavar as mãos, cortar as unhas (mãos e pés), cuidar da pele, orelhas, olhos e nariz, colocar desodorizante, limpar a boca e escovar os dentes);


  • Mobilidade Funcional (mover-se de uma posição ou lugar para outro e transporte de objetos durante a realização de atividades quotidianas);


  • Sono e Descanso (envolver-se em rotinas que preparam o sono, adormecer, ter um sono tranquilo e reparador);


  • Participação Social (interagir e relacionar-se com a família, amigos, pares e membros da comunidade);


  • Atividades Educativas (participar nas atividades académicas em que seja necessário utilizar o instrumento de escrita para desenhar, pintar dentro dos contornos e/ou formar as letras, copiar frases do quadro, recortar com a tesoura, participar em atividades não académicas (p. ex., recreio e refeitório) ou em atividades extracurriculares (p. ex., desporto, banda musical, dança);


  • Brincar (exploração e manipulação dos brinquedos, brincar de forma criativa e diversificada, brincar com os adultos e com os pares);


  • Lazer (identificar interesses e participar em atividades de lazer);


  • Atividades de Vida Diária Instrumentais (participar em atividades relacionadas com a gestão e manutenção da saúde p.ex.ir a consultas médicas, utilizar o dinheiro, preparar refeições, realizar tarefas domésticas e fazer compras).


  • Alterações na reatividade e/ou processamento sensorial (tátil, vestibular, propriocetivo, visual, auditivo, olfativo e gustativo);


  • Dificuldades na realização de atividades motoras globais (correr, saltar, trepar, subir e descer escadas, atirar, apanhar ou chutar uma bola) e finas (manipular e transportar objetos pequenos) com impacto nas atividades diárias;


  • Dificuldades em manter níveis de atenção adequados às tarefas do dia a dia.


Artigo dinamizado por:


Olívia Campos – Terapeuta Ocupacional na FISIOINTEGRAL, Especialista em Casos Pediátricos e Infantis e Integração Neurossensorial

67 views0 comments

Recent Posts

See All

Comments


bottom of page