SAÚDE INTESTINAL

Um Intestino Saudável, como chave para uma vida feliz


O nosso trato gastrointestinal é muito mais do que apenas um sistema digestivo.

Ele contribui para o bem-estar do nosso corpo e da nossa felicidade. Portanto, é importante cuidar bem dele, mantê-lo em equilíbrio e nutri-lo para atingir o bem-estar geral e um sistema imunitário forte.


A saúde intestinal é de enorme importância para uma vida feliz. Para a maioria das pessoas, o estilo de vida atual não é propício a uma saúde intestinal plena. São frequentes os níveis elevados de stress, poucas horas de sono, horários de alimentação desregulados e níveis de açúcar acima do desejável. Tudo isto afeta a saúde intestinal e prejudica o microbioma (população bacteriana "boa" que existe no nosso organismo).

O trato gastrointestinal, que vai desde a boca até ao ânus - é o lar de triliões de microrganismos tais como bactérias, fungos e vírus. Coletivamente, estes são conhecidos como a "microbiota intestinal". O nosso microbioma individual é tão único como a nossa impressão digital.


A maioria destes microrganismos vive no intestino grosso e executa uma série de tarefas essenciais. Decompõem alimentos não digeridos, produzem vitaminas como a vitamina K e a vitamina B12, fabricam hormonas como a serotonina (hormona da felicidade) e a melatonina (extremamente importante para o sono), restringem o crescimento de bactérias potencialmente patogénicas e muito mais.


SINAIS DE UMA SAÚDE INTESTINAL DEBILITADA


Alterações inesperadas de peso

Perder ou ganhar peso de forma não intencional pode ser um sinal de que a nossa flora intestinal não está feliz. Um intestino debilitado prejudica a capacidade de o corpo absorver nutrientes, o que poderá levar a um aumento inesperado de peso. Já a perda de peso pode ser causada por um crescimento excessivo de bactérias no intestino delgado (SIBO - Small intestinal bacterial overgrowth).


Desconforto gastrointestinal

Flatulência, inchaço abdominal, obstipação ou diarreia. Não é normal viver diariamente com estes sinais de desconforto gastrointestinal. Também não é normal ter uma função intestinal irregular.


Intolerâncias alimentares

A intolerância alimentar ocorre quando há dificuldade em digerir determinados alimentos, aparecendo sintomas como inchaço abdominal, cólicas, enxaquecas ou má digestão. Não deve ser confundida com alergia alimentar, que é uma resposta imunitária exagerada a um certo alimento.


Alterações do sono e fadiga constante

As perturbações do sono constituem um problema de saúde pública com causas variadas. Grande parte da serotonina (a hormona que afeta o humor e o sono) produzida no nosso corpo encontra-se no intestino. Por isso, se está constantemente cansada/o e sofre de distúrbios do sono, desconfie da sua saúde intestinal.


COMO MANTER A BOA FORMA DO SEU INTESTINO

1 – Mastigar calmamente e manter a hidratação

A mastigação é crucial para regular o trânsito intestinal e auxiliar os processos de perda de peso, visto que contribui para o aumento da saciedade. Mastigar lentamente promove uma absorção completa dos nutrientes, reduzindo o desconforto gastrointestinal.


2 – Reduzir significativamente os níveis de stress

O stress é inimigo de qualquer pessoa que deseja manter um estilo de vida saudável. Entre as inúmeras formas de o reduzir destaca-se a meditação, as caminhadas ao ar livre. Se sofre de ansiedade, experimente reduzir o consumo de cafeína.


3 – Dormir melhor e com qualidade

É fundamental ajustar os horários e priorizar a qualidade do sono. Dormir mal interfere na saúde intestinal, o que contribui ainda mais para os distúrbios do sono. Alguns minutos de meditação ou um chá calmante ou utilização de óleo essenciais antes de dormir podem ajudar.


4 –Ficar atento aos desconfortos gastrointestinais e procurar um especialista em nutrição

Os sintomas gastrointestinais como obstipação, diarreia, dor abdominal ou inchaço podem constituir casos mais extremos. Torna-se imperativo prestar atenção aos sinais que o corpo nos dá e verificar as alturas do dia em que os sintomas se agravam. Desta forma, conseguimos identificar alimentos específicos que poderão estar a contribuir para tal desconforto. Peça ajuda ao seu nutricionista para saber exatamente como deve proceder.


5 – Fazer mudanças na alimentação

Uma dieta variada e equilibrada, com abundância de fruta e vegetais ajuda uma flora intestinal diversificada a prosperar, uma vez que diferentes espécies bacterianas têm necessidades diferentes. Alimentos fermentados que contêm microrganismos vivos, como o iogurte, também podem ajudar. Por outro lado, alimentos altamente processados, açúcares, adoçantes artificiais e altos níveis de gordura podem levar a uma diversidade microbiana reduzida.


Contudo, gerir e aplicar toda esta informação pode não ser fácil e carecer de uma personalização, pois somos todos indivíduos únicos.

A ajuda de um profissional, pode ser o ponto-chave neste processo de saúde.


Na nossa consulta de Nutrição Integrativa, avaliamos esse e outros pontos cruciais para a sua saúde, escolhendo a solução que mais se enquadra ao seu caso.


Qualquer dúvida ou sugestão pode entrar em contacto através dos contactos da Clínica Fisiointegral.


Obrigado.






Ana Pernil - Nutricionista Especializada em Saúde Integrativa.

Fisiointegral


92 views0 comments

Recent Posts

See All